logo da Quercus

.Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.subscrever feeds

.etiquetas (tags)

. todas as tags

Conferência de Poznan - 2008
Conferência de Bali - 2007
Conferência de Nairobi - 2006
Videos Clima no Sapo
Domingo, 6 de Dezembro de 2009

Copenhaga: Quercus quer acordo com texto legalmente vinculativo e não apenas acordo político


 

Tem início amanhã, segunda-feira, dia 7 de Dezembro, a 15ª reunião da Conferência das Partes da Convenção das Nações Unidas para as Alterações Climáticas (COP15) em Copenhaga, Dinamarca.

 

A Quercus vai participar activamente no processo negocial através de dois elementos, Francisco Ferreira, Vice-Presidente da associação, e Ana Rita Antunes, coordenadora para a área da energia e alterações climáticas. Os dois estão integrados na delegação oficial portuguesa.

 

Já hoje, a Quercus participou numa grande reunião preparatória com mais de 350 participantes de organizações não governamentais de ambiente e desenvolvimento de todo o mundo.

 

As organizações não governamentais vão intervir:

- tendo direito a participar nas negociações em plenário em conjunto com os representantes de países e outras organizações observadoras;

- reunindo e procurando influenciar cada um dos países; no caso da Quercus em particular, estarão em causa o acompanhamento das posições de Portugal, focalizando também contactos junto da Presidência Europeia (Suécia), Comissão Europeia, dos eurodeputados presentes (nomeadamente os portugueses) e ainda deputados nacionais;

- funcionar como catalisadores entre partes para procurar decisões favoráveis e compromissos.

 

A Quercus tem consciência que as negociações se encaminham para um acordo político vinculativo a ser assinado em Copenhaga. TAL PORÉM É POUCO: é preciso assegurar já ou ter a garantia que nos meses mais próximos será concretizado o texto de um acordo legalmente vinculativo que concretize os objectivos necessários para assegurar que o aquecimento global não será superior a 2ºC em relação à era pré-industrial. Tal implica à escala global que o pico de emissões de gases com efeito de estufa seja atingido entre 2013 e 2017.

etiquetas (tags): ,
publicado por climáticas às 23:55
link do post | comentar | favorito
|

.ligações externas

.mais sobre mim

.arquivos

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

.pesquisar

 
blogs SAPO