logo da Quercus

.Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.subscrever feeds

.etiquetas (tags)

. todas as tags

Conferência de Poznan - 2008
Conferência de Bali - 2007
Conferência de Nairobi - 2006
Videos Clima no Sapo
Segunda-feira, 14 de Dezembro de 2009

A estrutura jurídica para um Acordo robusto em Copenhaga

O quarto e último aspecto que as Organizações Não Governamentais destacam como central no debate em torno de um acordo em Copenhaga é a:

 

Estrutura Jurídica

Na primeira semana da Cimeira, as questões relativas à estrutura jurídica estiveram no centro das atenções, com as Ilhas Tuvalu, do Pacífico, a assumir a liderança neste aspecto e os novos textos para discussão apresentados. As Organizações Não Governamentais saúdam o consenso emergente que os dois grupos de trabalho  estão a alcançar para construir textos legalmente vinculativos (Protocolo de Quioto e Cooperação de Longo Prazo).


O tempo escasseia e por isso é fundamental que as Partes manifestem vontade de trabalhar seriamente com os textos que têm. A partir daí, os ministros e chefes de Estado devem entrar em acção de modo a resolver as questões litigiosas. É importante que os progressos sejam alcançados o mais cedo possível esta semana, de modo a aumentar as expectativas de chegar a um Acordo robusto em substância e forma jurídica.

Conclusão


Estamos no momento crucial e estas são as questões centrais que devem concentrar todas as atenções e esforços esta semana - Mitigação, Adaptação, Financiamento e Estrutura Jurídica. O sucesso ou fracasso relativamente às mesmas não só determinará se podemos chegar ou não a um Acordo, como também o seu legado.

etiquetas (tags): ,
publicado por climáticas às 19:55
link do post | comentar | favorito
|

.ligações externas

.mais sobre mim

.arquivos

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

.pesquisar

 
blogs SAPO